Conheça alguns tipos e decida se deve ou não fazer a contratação de crédito

A palavra empréstimo costuma causar pavor em muitas pessoas, pois é facilmente associada a juros altos, dificuldade de pagamento e, consequentemente, ficar com o “nome sujo”. Mas, como em quase tudo na vida, sempre existem possibilidades favoráveis, que nem todos conhecem.

O empresário do mercado financeiro, e sócio fundador da empresa CredMov, Everton Braga, explica que existe uma série de empréstimos oferecidos pelos bancos que a maioria das pessoas nunca ouviu falar, e acrescenta que alguns deles, inclusive, tem juros mais baixos e pagamento a longo prazo.

Contudo, Everton expõe pontos importantes que devem ser analisados antes de pegar um empréstimo: “considerar a real necessidade de solicitar (um empréstimo) é o primeiro passo. Em seguida, é essencial organizar as contas para reduzir gastos e, em caso de dívidas, negociar com o credor para checar as melhores formas de pagamento. Sempre vale tentar! ”

Ao constatar que a tomada de crédito é a decisão mais apropriada, entra em cena a definição de qual tipo se encaixa melhor na renda e perfil da família ou da empresa. “O cliente deve se informar sobre as características de cada empréstimo, as taxas de juros, as formas de pagamento, e o Custo Efetivo Total (CET) da operação – que mostra a soma de todas as taxas você vai pagar para fazer o empréstimo. Assim terá condição de definir qual opção é mais vantajosa”, comenta Everton.

Além do tipo de crédito, a escolha do banco é crucial, pois existem variações de taxas de juros entre os mesmos, assim como a definição dos pré-requisitos, pois, de acordo com o Banco Central do Brasil (BCB), cada instituição financeira pode estabelecer seu próprio padrão de avaliação para liberação do crédito para pessoa física e jurídica.


Conheça abaixo alguns tipos de empréstimo:

Empréstimo com imóvel em garantia, Home Equity ou Refinanciamento do imóvel

Pouco conhecido entre os brasileiros, esse tipo de empréstimo começou a despontar no mercado financeiro nos últimos anos. Nesse caso, os juros cobrados são mais baixos, se comparados a outros modelos, porque o cliente deixa um bem de alto valor em garantia, um imóvel, o que dá segurança ao banco de que irá receber o pagamento da dívida.

O processo de requisição para conseguir esse tipo de empréstimo pode ser um pouco burocrático, já que o cliente precisa apresentar todos os documentos que comprovem a existência de uma propriedade urbana quitada. Passada a avaliação, podem conseguir até 50 %do valor do imóvel em empréstimo, além disso, o prazo de pagamento é longo, podendo chegar a 20 anos, por exemplo.

Leia mais sobre o tema aqui e saiba como a CredMov pode agilizar o processo de contratação desse tipo de empréstimo.


Empréstimo pessoal

Esse tipo é possivelmente o mais conhecido e, hoje em dia já tem banco que realiza a avaliação totalmente on-line, seja pelo computador ou celular.  Como citado anteriormente, os pré-requisitos variam entre as instituições, mas alguns são comuns a quase todos. Ser maior de 18 anos e ter uma conta corrente em uso, por exemplo, é importante para o banco analisar o perfil financeiro do cliente.

Solicitar o crédito no banco em que já é cliente facilita o processo, já que a instituição já conhece seu histórico bancário e, dependendo do relacionamento com o gerente você pode conseguir taxas mais atraentes. Mas sempre vale a pena checar os juros de outras instituições para comparar e negociar na sua agência. O período para realizar o pagamento e o valor das parcelas é negociado e vai depender da renda pessoal do solicitante.


Empréstimo Consignado

Esse tipo de crédito é liberado especificamente para funcionários registrados de empresas privadas, servidores públicos, pensionistas e aposentados pelo INSS, isso porque as parcelas são descontadas diretamente na conta em que a pessoa recebe o salário/benefício. Os juros cobrados nesse caso também são baixos, pois, para o banco, o risco de não receber é nulo.

O lado negativo, é que o banco pega o dinheiro da parcela assim que ele cai na sua conta e em caso de demissão o empréstimo será pago com a rescisão.


Esses são apenas alguns tipos de empréstimo realizados no mercado financeiro. Acompanhe nosso site para saber mais sobre finanças e aguarde detalhes sobre outros modelos de crédito nas próximas matérias.

 

One Comment

  1. Antonio Severino da silva-
    5 de dezembro de 2017 at 18:13

    Olha é a financeira que me deu uma esperança para que realizar meu sonho eu estou muito grato.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.