fbpx

Você sonhou, pesquisou, comparou, fez muitas contas, e finalmente achou o imóvel dos sonhos, porém na hora de concluir a compra se deparou com uma palavra que pode atrasar tudo: FINANCIAMENTO.

Atualmente existem duas modalidades de financiamento imobiliário que são mais utilizadas para compra de imóveis: Sistema Financeiro da Habitação (SFH) ou Sistema Financeiro Imobiliário (SFI).

Estas modalidades são praticadas pelos bancos privados e também por bancos públicos.

Abaixo, a CredMov explica as diferenças entre os dois tipos de sistema de financiamento:

SFH –  Sistema Financeiro da Habitação

Criado e regulamentado pela lei nº 4.380, de 21 de agosto de 1964, a grande maioria dos financiamentos imobiliários são feitos por meio desta modalidade.

Os recursos são oriundos das contas Poupanças e FGTS, o que permite uma redução na taxa de juros comparado ao SFI. Todas as instituições financeiras utilizam este tipo de crédito, o que facilita a comparação de simulações e taxa de juros. É utilizada a alienação fiduciária como forma de registro da operação.

Características do SFH

 Valor máximo do imóvel R$ 1,5 milhão  em SP, RJ, MG, DF e R$ 800 mil nos demais estados brasileiros;

 Valor financiado até 90%;

 Consegue utilizar o FGTS;

 Taxa de juros até 12% a.a;

SFI –  Sistema de Financiamento Imobiliário

Criado e regulamentado pela lei nº 9.514, de 20 de novembro de 1997, esse tipo de financiamento ocorre quando as operações não são enquadradas no SFH, e assim é necessário utilizar outros tipos de captação de recursos para efetivação do crédito, o que eleva um pouco a taxa de juros no final da operação.

Porém, é tão vantajoso quanto o SFH, pois permite a extensão do prazo de pagamento, por exemplo. É utilizada a alienação fiduciária como forma de registro da operação.

Características do SFI

  Não possui valor máximo de imóvel;

 Valor financiado até 80%;

 Não consegue utilizar o FGTS;

 Não possui taxa máxima, as taxas são de acordo com o mercado;

 Recurso do crédito provém de fundos de pensão, fundos de renda fixa, companhias seguradoras e banco de Investimento;

 

Há outros tipos de financiamento como Minha Casa e Minha Vida, e Pró-Cotista, porém pela defasagem de recursos e demora na obtenção do crédito a Credmov optou por não trabalhar com estas modalidades.

A CredMov foi criada justamente para que essa etapa do processo de compra do imóvel não seja estressante , e nem burocrática.

Para que possamos entender melhor sua solicitação, preencha o nosso formulário sem compromisso, que buscaremos, junto as instituições financeiras, as melhores opções de crédito imobiliário, que realmente são importantes para você.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.